Luz Dos Pobres

A Luz dos Pobres é a principal organização política das guildas de artesãos de Palis. A Luz dos Pobres combate os privilégios da nobreza territorial e defende a centralização política e administrativa do reino; defende também o estabelecimento de conselhos legislativos eleitos a nível nacional, a separação entre o Estado e a Fé Verdadeira e a redução dos poderes reais.

A Luz dos Pobres se divide em duas correntes, a moderada Rua e a radical Estrada. A Estrada tem esse nome porque se dispõe a aliar-se à população rural na luta contra a nobreza, enquanto a Rua pretende ser exclusivamente urbana. A Estrada defende também posições republicanas.

A Luz dos Pobres é forte em todas as cidades de Palis, especialmente na capital, e participa da maioria dos governos municipais onde isso é possível; às vezes em aliança com a União por Palis, às vezes isoladamente. A Estrada tem também alguma importância no campo, onde procura organizar os camponeses em oposição aos nobres.

Seus principais líderes são Manilasu Clana, mestra-geral da Guilda dos Sapateiros; Pafa Cordesa, grande mestra da Guilda dos Pedreiros; Dai Glacinai, mestre da Guilda dos Médicos; Gilifasu Rassa, mestra-geral da Guilda dos Tecelões de Tuspel.

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License