Fé Verdadeira

A Fé Verdadeira é a principal religião de Sara. É o culto monoteísta de Sara, a Deusa da Terra, dirigido por um clero organizado de mesmo nome.

A Fé Verdadeira consiste na crença na existência de uma única deusa, Sara, que é ao mesmo tempo a criadora do mundo e o próprio mundo. Para os adeptos, a morte é a reintegração em Sara, simbolizada pela decomposição do corpo físico em contato com a terra. Essa crença não implica nem uma sobrevivência do ego individual, nem um simples desaparecimento. A reintegração em Sara é uma função da vida do indivíduo, prazerosa para os eticamente equilibrados, e dolorosa para os que não seguem a via correta. Para os fiéis, portanto, o conceito de Boa Morte - Lau Vala - é central. Não equivale, porém, a um tipo determinado de morte física; morrer uma morte dolorosa não significa necessariamente uma má morte. A Boa Morte se define pelo que vem depois dela; assim é possível uma morte indolor seguida de uma reintegração dolorosa a Sara, ou vice-versa - não se pode julgar um indivíduo pela forma como morre.

A Fé Verdadeira se caracteriza pela ausência de textos sagrados; para os adeptos, a escrita de Sara é o próprio mundo ("Sara só escreveu um livro"). Conhecer - ler - o mundo é entender Sara. Isso não significa a inexistência de textos eclesiásticos ou religiosos, mas eles são considerados meramente humanos. São, na verdade, interpretações humanas de Sara, "traduções" da linguagem sagrada que somente Sara "fala" para a imperfeita linguagem humana, e seu valor corresponde à sabedoria, maior ou menor, mas sempre imperfeita, daquele que escreve. Destes textos, os principais são as chamadas "Cartas ao Povo de Sara", conjuntos de recomendações éticas aos fiéis.

Os princípios éticos que levam a uma "boa morte" são os seguintes:

  • "Entendimento": a compreensão de que existe uma única deusa, Sara, da qual tudo procede e à qual tudo volta;
  • "Testemunho": a prática de afirmar o "entendimento" sempre que necessário, em voz alta. Na prática, o "testemunho" se reduz à afirmação ritual da divindade de Sara, uma vez por dia, e três vezes nos "dias de Sara" (dias intercalares, nas semanas de oito dias).
  • "Caridade"
  • "Equilíbrio"
Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License